Ginecologia e Obstetrícia

Como melhorar os sintomas de desconforto da gestação?

Por novembro 20, 2018 Nenhum comentário
como melhorar sintomas de desconforto da gestação

Ao longo da gravidez, a mulher passa por diversas mudanças hormonais e físicas que são importantes para garantir o pleno desenvolvimento do feto. Além disso, também para preparar o seu corpo para a gestação em si, o parto e a posterior etapa da amamentação.

Ao mesmo tempo em que são benéficas e fundamentais, essas modificações podem gerar diversos incômodos ao longo dos nove meses, como enjoo, inchaço, azia e dores no corpo.

Para evitar que esses problemas sejam traumatizantes e difíceis de suportar, é fundamental saber como melhorar cada um dos sintomas de desconforto da gestação.

Com isso, através de pequenas modificações nos hábitos alimentares, posturais, entre outros, é possível garantir uma gestação saudável e ainda mais satisfatória. Confira!

Como melhorar os principais sintomas de desconforto da gestação

1 – Enjoo

Com certeza essa é uma das reclamações mais constantes das mulheres no início da gravidez. O enjoo ocorre principalmente devido às modificações hormonais e ao crescimento do útero, que tornam a digestão mais lenta.

O jejum prolongado pode piorar os enjôos. Algumas alternativas para melhorar este que é um dos principais sintomas de desconforto da gestação são realizar pequenas refeições, de três em três horas, evitar alimentos muito gordurosos e beber bastante água ao longo do dia. Chupar bala de gengibre também pode ser uma boa ideia.

Para enjôos matinais uma dica é tomar um suco de limão, alimentos ácidos também amenizam a sensação de náuseas.

2 – Azia

A azia é outro sintoma muito comum na gravidez e os motivos do seu surgimento também estão vinculados à questão da lentidão digestiva, que acaba promovendo a subida dos ácidos estomacais.

Para ter alívio, sugere-se que a mulher evite deitar logo após as refeições, sendo que estas devem ser equilibradas e distribuídas em pequenas porções. Levantar a cabeceira da cama e beber água e suco gelados também são alternativas de como melhorar esse sintoma de desconforto da gestação.

3 – Prisão de ventre

Ainda devido à lentidão na digestão, a constipação pode causar desconfortos diversos para a mulher, inclusive o surgimento de hemorroidas. Para aliviar a prisão de ventre, é fundamental consumir alimentos ricos em fibras, como:

  • Mamão;
  • Manga;
  • Laranja;
  • Feijão;
  • Aveia;
  • Abacate;
  • Brócolis.

Para que essa ação seja eficiente, porém, é preciso beber pelo menos 2 litros de água ao longo do dia.

4 – Inchaço e dor nas pernas

Ao longo da gravidez, o peso da barriga vai realizando uma compressão nos vasos sanguíneos localizados próximo à virilha, prejudicando na circulação e, consequentemente, levando ao inchaço e à dor nas pernas.

Quem tem dúvida sobre como melhorar esses sintomas de desconforto da gestação deve apostar nas sessões de drenagem linfática. Além disso, sugere-se:

  1. Sentar ou deitar com as pernas levemente mais elevadas que o quadril;
  2. Evitar roupas e acessórios muito apertados, principalmente sapatos;
  3. Não ficar muito tempo de pé;
  4. Praticar exercícios físicos leves regularmente.

5 – Varizes

O surgimento das varizes durante a gestação deve-se ao fato de que, com o crescimento do útero, é dificultada a subida do sangue da veia cava até o coração, fazendo com que as veias se dilatem nas regiões inferiores do corpo.

algumas opções para aliviar a dor gerada pelas varizes, como:

  • Utilizar meias elásticas de compressão;
  • Dispor saco de gelo sobre as pernas.

6 – Dor nas costas

Com o aumento da barriga e do peso do bebê, é normal que a mulher passe a andar um pouco curvada e, com isso, comece a ter dor nas costas. Apesar de ser comum, a boa notícia é que tem como melhorar esses sintomas de desconforto da gestação.

Uma das melhores alternativas é buscar o apoio da fisioterapia na gestação, visto que os exercícios de alongamento promovem a redução das dores e o fortalecimento da região lombar, melhorando a postura como um todo.

Utilizar cinta, realizar massagens locais e realizar caminhadas leves igualmente reduzem os incômodos.

7 – Falta de ar

No início da gestação já se pode sentir um certo cansaço a algumas atividades como subir escada por exemplo. Isso pode ser explicado pelo aumento da quantidade de sangue que circula e portanto aumento do trabalho do coração. Exercício leves e regulares tendem a melhorar este condicionamento.

Além disso, com a pressão gerada pelo útero no pulmão, principalmente a partir da 36ª semana, a mulher pode ter constantemente a sensação de falta de ar. Para evitar esse problema ou então aliviar o sintoma, é fundamental que a grávida evite fazer esforço e situações de muito estresse.

Quando a respiração ficar comprometida, basta que ela se sente, relaxe e respire profunda e regularmente até que seja restabelecida.

8 – Sono

O sono pode ser percebido muitas vezes de forma intensa no início da gestação. O aumento de alguns hormônios pode explicar este sintoma. Para que a gestante consiga desenvolver suas atividades diárias sem prejuízo a dica é dormir 1 hora mais cedo que o habitual e se conseguir algum horário para uma soneca no meio do dia melhor ainda. isso pode melhorar inclusive a capacidade de concentração (que também pode diminuir na gestação)

Apesar de você já saber como melhorar os sintomas de desconforto da gestação, lembre-se de procurar o médico quando eles surgirem, a fim de que ele possa lhe orientar melhor sobre a terapia adequada.

Além disso, jamais tome qualquer tipo de remédio para aliviar dores sem a devida prescrição médica.

Guia da Mulher Adulta Download Powered by Rock Convert
Lilian Fiorelli

Lilian Fiorelli

Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da FMUSP, onde também se especializou em Uroginecologia e Sexualidade Humana.

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by