Ginecologia e Obstetrícia

A importância de visitar um especialista em ginecologia regularmente

By outubro 2, 2018 No Comments
especialista ginecologia

Muitas mulheres têm o hábito de visitar um médico especialista em ginecologia somente quando estão com algum problema ou sintoma considerado anormal. Porém, esse não é o ideal, pois consultar-se com regularidade é uma ação preventiva muito eficiente.

Nos atendimentos de rotina, realizados anualmente, é comum que sejam feitos exames clínicos importantes. Eles permitem prevenir doenças, identificá-las e tratá-las logo na fase inicial. Além disso, o especialista em ginecologia pode fornecer orientações fundamentais, seja em relação à menstruação, ao uso de anticoncepcional e até sobre gravidez.

Veja, abaixo, por que é essencial consultar-se periodicamente com esse profissional e o quanto sua saúde pode se beneficiar disso.

Por que você deve visitar regularmente um especialista em ginecologia:

 

Os sintomas associados à menstruação podem ser endometriose

Muitas mulheres têm dúvidas sobre seu ciclo menstrual, bem como em relação aos seus sintomas. Como as taxas hormonais no organismo feminino sobem e descem todo o mês, cólicas e inchaços costumam ser normais, assim como eventuais alterações no fluxo.

Com visitas regulares a um especialista em ginecologia, é possível descobrir até que ponto tudo isso está realmente dentro dos padrões esperados. Dores abdominais e cólicas fortes, por exemplo, podem ser indício da presença de endometriose.

Em caso de confirmação da doença, o quanto antes ela for diagnosticada, mais cedo poderá ser iniciado o tratamento adequado para aliviar os incômodos e evitar uma piora.

Escolha o melhor anticoncepcional para você

Os anticoncepcionais variam em composição, ou seja, no tipo de hormônio utilizado e em sua dosagem. Algumas pílulas oferecem benefícios que vão além da prevenção da gravidez, como uma melhora no aspecto da pele e a redução de inchaços.

Desta forma, desde a indicação do primeiro contraceptivo, na adolescência, é importante haver o acompanhamento de um especialista em ginecologia para avaliar se a adaptação ao medicamento está ocorrendo de maneira apropriada. Com as consultas de rotina, é possível buscar orientação sobre uma troca de remédio sempre que necessário, evitando, assim, o surgimento de sintomas inconvenientes.

Programe uma gravidez

Quando a mulher procura o apoio de um especialista em ginecologia antes de engravidar, ela pode adotar medidas especiais para garantir uma gestação sem complicações e o nascimento de um bebê saudável.

Nessa situação, o médico faz recomendações como:

  • realizar um check-up ginecológico completo;
  • fazer exames de sangue;
  • começar a tomar ácido fólico;
  • verificar quais vacinas já foram tomadas para imunizar-se, se for preciso;
  • planejar a frequência de relações sexuais conforme o estado de sua fertilidade.

Após a confirmação da gravidez, o ginecologista participa de todo o acompanhamento, o que pode exigir que as visitas sejam mais constantes. Essa proximidade entre as consultas é importante pois torna possível agir com mais rapidez em caso de algum problema.

Previna doenças

Nos atendimentos de rotina, são realizados alguns exames com o objetivo de prevenir doenças ginecológicas.

Papanicolaou
O exame de Papanicolaou deve ser feito uma vez ao ano por todas as mulheres sexualmente ativas. O especialista em ginecologia colhe uma amostra de células do colo do útero, envia para análise e, assim, consegue detectar se há ou não a presença de condições como:

  • câncer no colo do útero, nos ovários ou no endométrio;
  • infecções vaginais, como candidíase;
  • doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorreia e clamídia;
  • HPV.

Exame de mama
Através do exame de toque, o ginecologista pode perceber a existência de algum nódulo e indicar a realização de uma ecografia, mamografia e uma punção se necessário.

Se o tumor for benigno, é possível solicitar sua retirada quando o tamanho ou a localização esteja atrapalhando ou gerando desconforto à paciente. Outra alternativa é mantê-lo e somente fazer um acompanhamento periódico , a fim de ter certeza de que ele não se transformará em uma massa maligna.

Já em caso de um diagnóstico de tumor maligno, o especialista em ginecologia deve encaminhar a mulher para o tratamento adequado. Com as consultas periódicas, no entanto, o médico pode identificá-lo em seu estágio inicial, o que torna a terapia mais eficiente, elevando as chances de cura.

Como vimos, é fundamental ir ao ginecologista com regularidade. Muitas pessoas não sabem, mas essa visita anual pode ser a responsável por prevenir doenças e por descobrir outras precocemente.

Apesar de a recomendação ser uma consulta por ano, se surgir qualquer sintoma anormal, o especialista em ginecologia deve ser procurado antes desse período.

Lilian Fiorelli

Lilian Fiorelli

Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da FMUSP, onde também se especializou em Uroginecologia e Sexualidade Humana.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.