Novidades

Saiba como a doação de medula óssea pode salvar vidas

Por outubro 5, 2018 Nenhum comentário
doação medula ossea

Se você tem entre 18 e 55 anos, está em bom estado de saúde, não possui histórico de câncer, doenças do sistema imunológico ou que possam ser transmitidas pelo sangue, você é a pessoa certa que pode salvar uma vida em apenas 3 passos.

Saiba porque essa doação pode ser tão benéfica para a vida de outra pessoa.

Segundo informações do Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), o transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de aproximadamente 80 tipos de doenças em diferentes estágios e faixas etárias.

Como o doador ideal (irmão compatível) só está disponível em cerca de 25% das famílias brasileiras, aproximadamente 75% dos pacientes necessitam de um doador alternativo, e a busca ocorre a partir dos registros de doadores voluntários, bancos públicos de sangue de cordão umbilical ou familiares parcialmente compatíveis (haploidênticos).

O procedimento de doação é simples e demanda apenas o tempo de análise e mapeamento dos dados genéticos do doador com o paciente que necessita do transplante.

Se você deseja ser um doador de medula óssea, saiba como proceder:

Passo 1: Procure o hemocentro mais próximo de sua residência e cadastre-se no Redome. O cadastro é rápido e requer a coleta de apenas 5ml do seu sangue para fazer o seu mapeamento genético.

Passo 2: Aguarde o mapeamento do Redome, que irá cruzar os seus dados genéticos com outras pessoas do mundo inteiro. Se você for compatível com algum paciente em espera por um transplante, de qualquer lugar do mundo, o Redome irá entrar em contato com você para confirmar a sua doação por meio de um segundo cadastro e dar andamento ao procedimento de confirmação, análise mais detalhada do seu sangue e coleta.

Passo 3: Assim que ocorrer a confirmação, a doação pode ser feita por punção no osso da bacia ou através da coleta de sangue por aférese, quando o sangue é coletado pelo braço do doador. O procedimento pode ser feito em qualquer unidade próxima de sua residência e o Redome se responsabiliza por todas as despesas, caso você necessite viajar para realizar qualquer procedimento relacionado ao transplante.

A luta pela vida não pode esperar. Salve vidas, seja um doador de medula óssea.

 

Conteúdo embasado em dados do Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea) e do INCA (Instituto Nacional de Câncer).

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by