Ginecologia e Obstetrícia

Cuidados essenciais para as mulheres antes de engravidar

Por dezembro 13, 2018 Nenhum comentário
cuidados antes de engravidar

Adotar determinados cuidados antes de engravidar garante não somente uma gestação mais saudável e tranquila para a mãe. Eles também podem reduzir as chances do bebê se desenvolver inadequadamente e, com isso, desencadear futuros problemas de saúde.

Afinal, quais mudanças de hábito, exames e cuidados devem ser adotados antes mesmo de a mulher começar as tentativas de ter um filho? Confira abaixo e comece a se organizar desde já!

Os 6 principais cuidados que devem ser adotados antes de engravidar

1 – Melhore os hábitos alimentares

Um dos principais cuidados que devem ser adotados antes de engravidar diz respeito à alimentação. É preciso aumentar, por exemplo, o consumo de legumes, verduras, frutas, fibras e proteínas magras, pois eles são fontes de vitaminas e minerais essenciais para que o organismo funcione adequadamente.

Em contrapartida, deve-se evitar:

  • Gorduras;
  • Açúcares;
  • Alimentos Industrializados;
  • Excesso de sal.

Além disso, sugere-se dar uma atenção especial à hidratação, ou seja, aumentar a ingestão de água ao longo do dia. Junto a isso, é importante começar a reduzir o consumo de café e bebidas alcoólicas.

2 – Exercite-se

Mulheres sedentárias que pretendem engravidar devem começar aos poucos a praticar alguma atividade física pois isso irá refletir na sua saúde ao longo dos nove meses. Os principais benefícios dessa prática prévia são:

  • Auxilia para que a mulher atinja o seu peso ideal, ou seja, não esteja com sobrepeso;
  • Regula a produção dos hormônios sexuais;
  • Reduz as chances de diabetes gestacional;
  • Promove uma gestação mais saudável, reduzindo as chances de complicações para a mãe e seu bebê;
  • Diminui chance de dores, como a dor lombar na gestação;
  • Melhora a disposição física na gestação.

3 – Tome as vacinas necessárias

Antes mesmo de engravidar, é importante que a mulher verifique se as suas vacinas estão em dia.

Para isso, existem exames conhecidos como “pré-concepcionais”, que detectam se ela contraiu algum tipo de enfermidade que possa vir a prejudicar na sua gravidez pela falta da vacina adequada.

Dentre outras, há duas principais imunizações que, se necessário, devem ser realizadas:

  1. Rubéola: Essa vacina, que deve ser realizada pelo menos três meses antes de engravidar, é muito importante para evitar que, com a contaminação da mãe, o bebê sofra alguma sequela;
  2. Hepatite B: A vacinação contra hepatite B requer uma organização ainda maior, pois ela deve ser repetida após 1 e 6 meses da primeira dose. Se contraída, essa doença pode ser transmitida para o recém-nascido na hora do parto, fazendo com que, ao longo da vida, ele desenvolva hepatite crônica. A boa notícia é que na pior das hipóteses, caso a mulher engravide antes de tomar essa vacina, ela pode ser administrada na gestação.

4 – Faça exames pré-concepcionais

Realizar determinados exames está certamente entre os principais cuidados antes de engravidar, pois previne o surgimento de diversos problemas de saúde tanto na mãe quanto no seu bebê.  

Alguns exames recomendados são:

  • Exame de sangue completo (pesquisa de diabetes, anemia, função da tireoide, tipo de sangue, entre outros);
  • Exame de urina e fezes;
  • Exames sorológicos como para  toxoplasmose, hepatites, sífilis e HIV por exemplo;
  • Papanicolau.

Sugere-se, ainda, que, três meses antes de engravidar, a mulher realize um ultrassom para verificar a sua saúde ginecológica.

Além disso, é importante destacar que, após engravidar, a mulher deve realizar os exames do pré-natal sugeridos para que a sua saúde continue sendo controlada.

5 – Reponha as vitaminas essenciais

A nutrição adequada é fundamental, porém, nem sempre se adquire todas as vitaminas essenciais somente através da alimentação saudável.

Um exemplo é o ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, que deve começar a ser ingerida três meses antes da fecundação. Essa suplementação evita que haja problemas de desenvolvimento do tubo neural e da coluna do bebê nas primeiras semanas de gestação.

É importante dar atenção, ainda, à deficiência de ferro, cálcio e outras vitaminas, como C e D. O médico pode recomendar a reposição desses nutrientes caso haja necessidade.

6 – Pare de fumar

Uma das unanimidades entre os cuidados antes de engravidar é a necessidade de interromper o uso de tabaco.

Um dos motivos é que o cigarro dificulta a ovulação e implantação do óvulo, reduzindo, assim, as chances de engravidar. Além disso, durante a gestação, o fumo prejudica no desenvolvimento do bebê e eleva as chances de parto prematuro.

Assim, é importante que a mulher já acostume o seu organismo à falta do tabaco antes mesmo da gestação.

—–

O ideal é que a mulher adote diversos cuidados antes de engravidar a fim de garantir uma gestação segura e saudável para si e para seu bebê.

Assim, procure o seu ginecologista e nutricionista para que eles auxiliem nesses processos de adaptação.

Lilian Fiorelli

Lilian Fiorelli

Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da FMUSP, onde também se especializou em Uroginecologia e Sexualidade Humana.

1
Olá! Como a Alira pode te ajudar?
Powered by