Dermatologia

O que melhora e piora a rosácea?

rosacea

A rosácea é uma doença de pele que eleva a sensibilidade da face. Devido a um aumento de vasinhos, ela gera vermelhidão em algumas áreas do rosto, como bochechas, nariz e testa.

Não possui uma causa específica, mas costuma acometer mulheres brancas a partir dos 30 anos e pode vir acompanhada de acne. Além disso, a rosácea pode ter ligação com fatores hereditários e, também, com questões emocionais.

À primeira vista, a condição é inofensiva. Porém, caso a pessoa não busque tratamento e não mude alguns hábitos que podem incentivar sua permanência, ela pode levar a uma textura irregular da pele, ocasionando uma aparência desagradável.

Conheça mais sobre a rosácea e o que melhora e piora esse quadro!

Sintomas da rosácea

Muitas vezes, apenas o aspecto de vermelhidão no rosto não é suficiente para comprovar a existência de rosácea, visto que essa também pode ser uma reação ao uso de determinados produtos alergênicos.

Assim, outros sintomas são:

  • dilatação de vasos sanguíneos superficiais;
  • eritema no centro da face;
  • ardor;
  • sensação de que a pele está queimada;
  • pequenas espinhas e pústulas;
  • vermelhidão no nariz.

Devido à forma como a rosácea se manifesta, ela pode causar problemas emocionais, como vergonha, isolamento, baixa autoestima e até depressão.

Apesar de não ter cura, a condição pode ser melhorada. Para isso, é fundamental mudar ou adaptar alguns hábitos. Veja, abaixo, o que fazer o que evitar!

O que melhora a rosácea

Alimentação

Uma alimentação saudável influencia positivamente os sintomas da rosácea. Consuma muitos vegetais e frutas frescas, pois, além de serem ricos em vitaminas e nutrientes, eles têm ação antioxidante e de regeneração celular.

Hidratação

A água é o principal componente da cútis. Portanto, deve ser ingerida em abundância. Quando a derme está desidratada, ela fica mais propensa a doenças e infecções por causa do ressecamento. Por isso, a hidratação é a chave para uma pele bonita.

O que piora a rosácea

rosácea

Exposição solar

A exposição excessiva ao sol sem a devida proteção é um dos fatores que mais pioram o aspecto da rosácea. É fundamental aplicar filtro solar diariamente, mesmo em dias nublados.

Quem possui a condição deve optar por produtos com veículos adequados. Versões muito oleosas podem agravar os sintomas, assim como alguns ativos podem aumentar a irritação e ocasionar piora do ardor.

Produtos vasodilatadores

Alimentos, líquidos e qualquer situação que provoque vasodilatação devem ser evitados. Dessa forma, pimenta, bebidas alcoólicas, água muito quente e até exercícios físicos muito pesados podem prejudicar o quadro de rosácea.

Outros hábitos saudáveis

  • Durma de sete a oito horas por noite.
  • Pratique atividades físicas de intensidade leve a moderada.
  • Utilize sabonetes sem perfume.
  • Não use maquiagens, cremes e bases que contenham álcool.

Outra dica importante é jamais se automedicar. Apesar de não ser uma doença perigosa, a rosácea pode gerar sintomas incômodos. Por isso, é essencial que haja o acompanhamento de um dermatologista.

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi é médica formada na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Dermatologia no Hospital das Clínicas da FMUSP.

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by