Dermatologia

As cicatrizes de acne têm solução?

cicatriz acne

Passamos a adolescência toda escutando que não se deve espremer cravos e espinhas porque eles deixam marcas no rosto. Você também não deu ouvidos e, mais tarde, se arrependeu? Pois saiba que a preocupação com cicatrizes de acne é muito comum.

As cicatrizes de acne são pequenos furos ou manchas ou marcas elevadas e endurecidas que podem se situar na testa, nas bochechas, nas laterais da face, no nariz e no queixo. Depois que elas surgem, não é possível extingui-las sem tratamento específicos, mas já existem diversas  ferramentas disponíveis que suavizam seu aspecto.

Abaixo, listamos algumas das opções mais eficazes para amenizar cicatrizes de acne, desde cremes a procedimentos.

Como tratar cicatriz de acne

1- Cremes

O uso de cremes é indicado, principalmente, quando ainda há espinhas e cravos no rosto, ou seja, não há predomínio de manchas. Nesse caso, o objetivo é eliminá-los sem causar cicatrizes de acne e deixar a cútis mais hidratada. A escolha do medicamento tópico varia conforme o tipo de pele e o número de de lesões.

Esse tratamento costuma ser mais demorado, especialmente no período da adolescência, porque existe a tendência de o problema persistir devido aos hormônios. Junto ao creme, é recomendado fazer limpeza de pele semanalmente e utilizar sabonete e tônicos adequados.  

2- Medicamentos orais

Existem pessoas que apresentam uma quantidade muito grande de cravos e espinhas, o que pode levar à baixa da autoestima. Para evitar que eles se transformem em cicatrizes de acne, muitos dermatologistas orientam o uso de determinados medicamentos orais.

Dentre eles, destacam-se os antibióticos, que tratam a infecção bacteriana e reduzem a incidência da condição, e os anticoncepcionais, que atuam nos níveis hormonais. Ambos podem ressecar a pele, por isso, é importante redobrar a hidratação por todas as vias e não expor-se ao sol.

2- Dermoabrasão

É um tipo de esfoliação realizada com um pequeno equipamento cuja ponteira, de diamante ou de cristais de óxido de alumínio, remove a camada mais externa da cútis, deixando-a mais lisa e uniforme. Este procedimento causa descamação, facilitando a penetração de ácidos e cremes terapêuticos.

A dermoabrasão, também chamada de microdermoabrasão, é indicada para casos em que a cicatriz de acne tem aspecto de ondulações na face. Apesar de ser um tratamento longo, ele ajuda muito na regeneração da pele.

4- Peeling com ácidos

O peeling consiste na aplicação de ácidos diretamente na área a ser melhorada.

Isso gera descamação e incentiva o surgimento de uma nova camada cutânea, muito mais lisa, firme e sem cicatrizes de acne.

5- Laser

O laser é indicado para suavizar cicatrizes de acne porque altera as fibras de colágeno, tornando a pele mais uniforme. Apesar de provocar um leve desconforto durante a aplicação, é um tratamento muito eficaz e que mantém os resultados por longo prazo.

Agora, você já sabe que a cicatriz de acne tem tratamento. É fundamental, porém, que a terapia seja prescrita por um médico dermatologista, para que ele possa avaliar sua cútis e acompanhar de perto todo o processo.

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi é médica formada na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Dermatologia no Hospital das Clínicas da FMUSP.

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by