Dermatologia

A importância do check-up dermatológico

check-up dermatológico

Quando se trata da saúde e beleza da pele, do cabelo e das unhas, procurar um dermatologista somente quando se encontra algo suspeito é um dos maiores e mais perigosos erros.

O autoexame é uma ação preventiva muito importante. Através dele, é possível perceber precocemente mudanças de coloração e textura na cútis, por exemplo, e, assim, marcar uma consulta com o médico.

Porém, uma maneira ainda mais eficiente de garantir o bem-estar da pele é realizar o check-up dermatológico periódico. Esse acompanhamento profissional permite descobrir e tratar doenças que, muitas vezes, podem passar despercebidas aos nossos olhos.

Para que serve o check-up dermatológico?

O check-up dermatológico é a melhor alternativa para quem busca não somente uma boa aparência, mas, também, manter-se sempre saudável.

Dentre os benefícios de se fazer essa avaliação regular, destacam-se:

  • prevenção de doenças: com o check-up dermatológico, é possível prevenir e evitar que diversos problemas de pele avancem. No próprio consultório, o profissional consegue analisar manchas e outras alterações para que sua saúde e vitalidade não sejam comprometidas futuramente;

  • detecção de problemas de saúde: a cútis costuma refletir transtornos emocionais, psicológicos ou mesmo em outras partes do organismo. Marcas no rosto e olheiras, por exemplo, podem indicar que a pessoa precisa de descanso, assim como a presença de infecções pode estar ligada à baixa imunidade e a rotinas muito estressantes

  • prevenção do envelhecimento precoce: o check-up dermatológico é fundamental para quem se preocupa com o envelhecimento precoce, ou seja, não abre mão de ter uma pele sempre jovem. Além de orientar sobre cuidados diários, o médico pode receitar um tratamento e os procedimentos mais adequados para cada problema.  

A indicação é de que essa consulta de rotina seja realizada anualmente, exceto nos casos em que a pessoa já possua alguma alteração dermatológica e, portanto, tenha indicação de um acompanhamento mais próximo.

Papel do check-up dermatológico na prevenção de doenças

A principal vantagem de fazer um check-up dermatológico é a possibilidade de identificar doenças que, quanto antes forem descobertas, têm maiores chances de cura.

Dentre elas, destaca-se o câncer de pele, considerado o tumor que mais atinge a população brasileira. Ele costuma surgir como uma lesão escura e, aos poucos, vai aumentando de tamanho e modificando sua coloração.

Quando o câncer está em estágio inicial, a lesão fica situada na camada mais superficial da cútis e, por isso, é mais fácil de não estar disseminado para outros órgãos.

Além disso, o check-up dermatológico pode evitar, estabilizar e melhorar outras condições da pele, como:

  • acne: é uma doença vinculada aos hormônios sexuais. Por isso, ela costuma aparecer na puberdade, mas pode seguir pela vida toda. Ocorre quando há um aumento na secreção sebácea (oleosidade), juntamente com a abertura dos poros, o que provoca a inflamação conhecida como espinha. Se não tratada corretamente, a acne pode gerar manchas/cicatrizes na pele;

  • alergias: nada mais são do que uma resposta do sistema imunológico a algum estímulo externo que gera hipersensibilidade. Algumas pessoas são naturalmente alérgicas devido à genética, e outras apenas apresentam os sintomas em determinadas situações. O dermatologista pode analisar e tratar a condição, principalmente em casos de reincidência, evitando as coceiras e o aspecto avermelhado na pele;

  • calvície: existem diversos motivos que levam à queda dos fios, desde estresse, doenças inflamatória,  falta de vitaminas até a hereditariedade. Ela acomete em torno de 50% dos homens e, partindo dos fatores de risco, é possível tratá-la.

  • fungos: precisam de ambientes quentes e úmidos para se proliferar. Por isto, costumam afetar, principalmente, os pés, as unhas, a cabeça, a boca, a vagina, as virilhas e as axilas. Dependendo da área, pode causar coceiras e descamação. A terapia é importante para que a qualidade de vida da pessoa não seja prejudicada.

Realize o autoexame!

Junto ao check-up dermatológico, os profissionais recomendam realizar o autoexame em casa para que, entre uma consulta e outra, eles possam ser procurados em caso de alguma alteração.

Esse ato pode salvar a vida do paciente e, portanto, deve ser feito com regularidade. Basta analisar manchas e pintas, verificar se elas aumentaram de tamanho e se suas bordas tornaram-se irregulares.

É essencial destacar que o câncer de pele é indolor, ou seja, não apresenta outros sintomas que possam ajudar na detecção. Por isso, a qualquer indício de anormalidade, não demore para buscar a ajuda de um dermatologista especializado.

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi

Dra. Ana Paula Takeuchi é médica formada na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Fez residência médica em Dermatologia no Hospital das Clínicas da FMUSP.

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by